MACHINE NAME = WEB 1

Training of trainers II and start of honey extension service pilot project: quality control, traceability and certification in the honey value chain in Angola


27 - 30 octobre 2022
UJES campus, Calima and Bailundo
Huambo
, Angola

Background and objectives

The second part of the training of trainers (ToT) in the honey sector and the start of the honey extension service pilot project (HESPP) will take place in-person (with a hybrid component) from October 27-30, 2022 in Huambo, Angola, focusing on quality control, traceability and certification in the honey value chain in Angola. These activities are co-organized by UNCTAD and the University José Eduardo dos Santos (UJES) in Huambo, which is a grantee of UNCTAD.

These activities are part of the National Green Export Review (NGER) of Angola, which is a component of the EU-UNCTAD Joint Programme for Angola: Train for Trade II, funded by the European Union.

The ToT and the HESPP aim to train representatives of the Angolan academia, government and private sector in key aspects of quality control, traceability and certification in the honey value chain. These activities also purport to transform these individuals into information multipliers and future trainers, since the training is geared for practical application and knowledge sharing in the context of the value chain.

The first part of the ToT in the honey sector took place in online/hybrid format at UJES in Huambo, on November 20 and 27, and December 4 and 11, 2021. Themes addressed included apiculture in Angola and rural extension services, bee biology and behavior, honey processing and traceability, honey authenticity, quality control and certification.

The second part of the ToT in the honey sector on October 27 and 30, 2022, will include a consolidation of knowledge, practical work (including on sensory analysis, honey quality, and honey extraction), as well as sessions on environment and apiculture issues, and building a sustainable honey business. On that occasion, a provincial political consultation will be held on October 27 with stakeholders in Huambo province with a view to the development of a national honey plan and a national residue monitoring plan in Angola. 

Through the HESPP, the trainees will share their acquired knowledge with two rural communities of honey producers in the province of Huambo through regular site visits. The HESPP will be officially launched on October 27, and the first site visits will take place on October 28 with a visit to Calima community, and on October 29 with a visit to Bailundo community. The HESPP will then continue until March 2023 with one regular site visit per month to each of the two communities of Calima and Bailundo.

The ToT and the HESPP follow a number of previous activities targeting the honey value chain that were organized under the NGER of Angola. This activity is jointly implemented by the Trade and Environment Branch of DITC in cooperation with ALDC. 

___
 

Formação de formadores II e início do projecto piloto de serviço de extensão de mel: controlo de qualidade, rastreabilidade e certificação na cadeia de valor do mel em Angola

Antecedentes e objectivos

A segunda parte da formação de formadores (FdF) e o início do projecto piloto de serviço de extensão de mel (PPSEM) acontecerão nos dias 27 e 30 de outubro de 2022 no formato presencial (com componente híbrida) no Huambo, Angola, com foco no controlo de qualidade, rastreabilidade e certificação na cadeia de valor do mel em Angola. Essas actividades são coorganizadas pela CNUCED e a Universidade José Eduardo dos Santos (UJES) no Huambo, Angola.

Estas actividades se integram na componente da Revisão Nacional das Exportações Verdes de Angola (RNEV), uma componente do Programa Conjunto UE-CNUCED para Angola: Train for Trade II, financiado pela União Europeia.

A FdF e o PPSEM visam formar representantes da academia, governo e sector privado angolanos em questões essenciais ao controlo de qualidade, rastreabilidade e certificação na cadeia de valor do mel. Também procuram transformar estes indivíduos em multiplicadores de informação e futuros formadores, uma vez que a formação é voltada à aplicação prática e partilha do aprendizado no contexto da cadeia de valor.

A primeira parte da FdF no sector do mel aconteceu no formato online/híbrido na UJES no Huambo nos dias 20 e 27 de novembro e 4 e 11 de dezembro de 2021. Temas abordados incluíram a apicultura em Angola e serviços de extensão rural, biologia e comportamento da abelha, processamento e rastreabilidade do mel, autenticidade do mel, controlo de qualidade e certificação.

A segunda parte da FdF nos dias 27 e 30 de outubro de 2022 incluirá uma consolidação dos conhecimentos, trabalhos práticos (inclusive sobre análise sensorial, qualidade do mel, extração do mel), e sessões sobre questões ambientais e apicultura e o desenvolvimento de um negócio sustentável do mel. Nesta ocasião, no dia 27 de outubro, acontecerá também uma consulta política provincial com actores do Huambo em vista ao desenvolvimento de um plano nacional do mel e um plano nacional de monitoramento de resíduos em Angola.

Através do PPSEM, os formadores angolanos recém-formados compartilharão os conhecimentos adquiridos com duas comunidades rurais de produtores de mel no Huambo em visitas locais periódicas. O projecto piloto de serviço de extensão de mel será lançado no dia 27 de outubro de 2022. As duas primeiras visitas locais do projecto piloto acontecerão no dia 28 de outubro com visita da comunidade da Calima e no dia 29 de outubro com visita da comunidade do Bailundo, na província do Huambo. O projecto piloto continuará até final de março de 2023 no Huambo, com uma visita local periódica por mês a cada uma das duas comunidades da Calima e do Bailundo.

A FdF e o PPSEM seguem diversas actividades anteriores voltadas para a cadeia de valor do mel organizadas no âmbito da RNEV de Angola. A atividade é implementada em forma de cooperação entre a unidade de Comércio e Meio Ambiente da Divisão para Comércio Internacional e Commodities (DITC) e a Divisão para África e Países menos Desenvolvidos (ALDC). 

There is some issue in accessing document path, Please contact to Site Admin


Co-organisateur(s):
Universidade José Eduardo dos Santos, Huambo, MINDCOM
Sponsor / funding:
European Union in Angola

languages
Langue(s)
Português  |